Uma versão básica? Não para o sofisticado Volvo S60

Roberto Assunção

A Volvo traz as versões T5 Kinetic e T5 Momentum do sedã S60 e da perua V60. Elas chegam para substituir a T5 R-Design e estão posicionadas abaixo da topo de linha T6 R-Design. Embora seja de entrada, a Kinetic oferece de série bancos de couro com ajustes elétricos e memória para o motorista, ar-condicionado digital de duas zonas, seis airbags, sistema Sensus Connect, com conectividade online para reprodução de músicas, programas e podcasts, faróis de xenônio direcionáveis, airbags dianteiros, laterais e de cortina e rodas de liga leve aro 17.


A cabine mantém o mesmo estilo dos demais Volvo. O quadro de instrumentos tem um “canhão”. O câmbio é automático e o sistema acima controla vários equipamentos

A Momentum adiciona Sensus Navigation, assento do passageiro com regulagem elétrica, teto solar, painel de instrumentos com três modos de visualização, borboletas atrás do volante, sensor de chuva, molduras dos vidros cromadas e rodas aro 18. O avaliado S60 Kinetic (R$ 136.950) disputa o mercado com os alemães BMW 320i Active Flex (R$ 137.950), Audi A4 Attraction (R$ 137.990) e Mercedes-Benz C180 Avantgarde/Exclusive (ambos R$ 142.900). Já o S60 Momentum (R$ 147.950) enfrenta o Audi A5 Sportback Attraction (R$ 155.990), o BMW 320i Sport Active Flex (R$ 141.950) e o Mercedes-Benz C200 (R$ 159.900). A sigla T5 do Volvo sugere um motor de 5 cilindros, certo? Errado. Pois tanto a Kinetic quanto a Momentum usam propulsor de 4 cilindros 2.0 com turbo e injeção direta.

O “lag” (aquele atraso antes de o turbocompressor encher) é pouco e o S60 entrega seus 245 cv de potência de forma progressiva e com boas pitadas de esportividade. Para ser eficiente, há sistema Start-Stop, que desliga o motor antes da parada total do veículo (abaixo de 7 km/h), Eco+ para também ajudar na redução do gasto de combustível e uma função que desacopla o câmbio em velocidade acima de 65 km/h. Com tudo isso, foi possível registrar pelo computador de bordo médias de 11 km/l na cidade e de 15 km/l na estrada. Já a suspensão do S60 tem calibração firme, mas que não sacrifica o conforto. As linhas exteriores do S60 são atraentes. E a cabine segue o mesmo estilo elegante dos demais veículos do fabricante.

 

—–

Ficha técnica:

Volvo S60 Kinetic

Motor: 4 cilindros em linha, 16V, injeção direta, turbo
Cilindrada: 1969 cm3
Combustível: gasolina
Potência: 245 cv a 5.500 rpm
Torque: 35,7 kgfm de 1.500 a 4.800 rpm
Câmbio: automático, oito marchas
Tração: dianteira
Direção: elétrica
Dimensões: 4,635 m (c), 1,865 m (l), 1,484 m (a)
Entre-eixos: 2,776 m
Pneus: 215/50 R17
Porta-malas: 380 litros
Tanque: 67,5 litros
Peso: 1.664 kg 0-100 km/h: 6s3
Vel. máxima: 230 km/h
Consumo: não divulgado
Nota do Inmetro: não participa