Versões interesantes do Honda Civic que não temos no Brasil

Fora do Brasil, o que não faltam são versões curiosas ou empolgantes do modelo médio da marca japonesa

Um dos modelos médios mais populares do mercado brasileiro, o Honda Civic é oferecido por aqui com uma oferta limitada de versões, que além dos sedãs inclui apenas o cupê esportivo Civic Si (confira aqui a avaliação). Mas no exterior, o que não faltam são versões curiosas ou empolgantes do modelo. Confira abaixo uma seleção que fiz das cinco configurações mais interessantes.

1Civic Type R

Sergio Quintanilha

Disponível apenas na carroceria hatch de cinco portas, o Civic Type R (confira aqui a avaliação) é a versão mais extrema do modelo médio. Em sua configuração mais potente, a que é oferecida na Europa e no Japão, o hot hatch está equipado com um motor 2.0 turbo de 320 cv e um câmbio manual de seis marchas. Com essa configuração, o Type R acelera de 0-100 km/h em 5,8 segundos e atinge os 272 km/h de velocidade máxima.

2Civic Si Sedan

Divulgação

Embora nas últimas duas gerações a Honda tenha optado por trazer ao Brasil o Civic Si na carroceria cupê, não acho que o Si sedã seria uma má ideia. Nos Estados Unidos, é possível levar para casa o três volumes com o motor 1.5 turbo de 208 cv e um câmbio manual de seis marchas.

3Civic 1.6 i-DTEC

Divulgação

A Honda oferece no mercado europeu nas carrocerias sedã e hatch com um motor 1.6 diesel de 120 cv e um câmbio automático de nove marchas. Apesar de não surpreender no desempenho como o Type R (0-100 km/h em 11 segundos), é capaz de rodar até 24,4 km/l (leia aqui).

4Civic turbo manual

Divulgação

Diferente do Brasil, onde o motor 1.5 turbo está disponível apenas na configuração de topo Touring e com o câmbio automático CVT, na China é possível comprar o Civic com o mesmo motor turbo combinado a um câmbio manual de seis marchas.

5Civic 1.0

Divulgação

No lugar do motor 2.0 aspirado oferecido em países como o Brasil e os Estados Unidos, o Civic mais barato do mercado chinês usa um motor 1.0 turbo de 125 cv, combinado ao câmbio manual de seis marchas ou ao automático CVT.