Vídeo: Red Bull Racing quebra o recorde mundial de pit stop

Troca dos quatro pneus ocorreu em 1,82 segundo

O Grande Prêmio do Brasil de F1, realizado no último final de semana, terminou com a vitória do holandês Max Verstappen (Red Bull Racing), o primeiro pódio do francês Pierre Gasly (Toro Rosso Racing) e o terceiro lugar do espanhol Carlos Sainz (McLaren) — o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, foi punido pelo toque contra Alexander Albon (Red Bull Racing). A corrida também foi marcada pela batida dos carros da Ferrari, que tirou Charles Leclerc e Sebastian Vettel do GP do Brasil.

A Red Bull Racing não brilhou somente na pista, mas também no pit stop. A equipe quebrou o recorde mundial ao trocar os quatro pneus do RB15 de Max Verstappen no ínfimo tempo de 1,82 segundo. A nova marca superou o último recorde deste ano, com o tempo de 1s91 cravado no GP de Silverstone, na Inglaterra. À época, Gasly era um dos pilotos do time. Confira abaixo o vídeo das trocas de pneus mais rápidas do GP do Brasil: