Visitamos a coleção quase secreta de carros da Volkswagen

Acervo preservado na Fábrica Anchieta reúne 98 exemplares, entre veículos clássicos e protótipos únicos

VW Kombi
Kombi (1961): unidade foi comprada de um colecionador e restaurada na Fábrica Anchieta (Evandro Enoshita)

Iniciativa rara no Brasil (confira aqui o acervo histórico da Fiat), a Volkswagen tem uma coleção de carros clássicos e também de protótipos únicos, que nunca chegaram a entrar na linha de produção. Mas a não ser que você seja um convidado VIP da montadora ou um dos funcionários da Fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), essa será uma das poucas oportunidades de ver o que a marca alemã guarda em seus galpões.

O acervo conta com um total de 98 carros, divididos em três alas da unidade industrial do ABC paulista. Segundo José Loureiro, chefe de engenharia da Volkswagen e um dos “pais” da coleção, cerca de 50 carros foram restaurados ou estão em estado impecável de conservação. Os restantes, alguns deles salvos da sucata, aguardam a sua vez de voltar à vida, em um ritmo de um a dois carros por ano.

Tivemos a oportunidade de ver de perto os 20 carros guardados na Ala 5. Boa parte são 0km. É o caso de uma Variant II de 1980 (que foi o 1º modelo guardado pela fábrica), no início dos anos 1980, e da 1ª unidade produzida do Polo 2002, um exemplar da versão Comfortline 1.6 que saiu da linha de montagem direto para o acervo histórico.

Mas há outros modelos que foram comprados usados e totalmente restaurados na fábrica, como o caso de uma Kombi de 1961 ou de um VW 1600 de 1970 que ganhou um motor 0 km. Saiba mais na galeria de fotos abaixo.