Visual agressivo


Basta observar duas características para resumir o novo Astra: o recorte da janela lateral e o recorte inferior, que sai do batente da porta dianteira e se estende em uma linha ascendente até o paralama traseiro. Dois sinais que falam de esportividade, de um carro mais dinâmico, preso ao chão e agressivo.

Os detalhes do design deixam claro que o novo Astra traz inspiração do recém-lançado Opel Insignia. Ao contrário do que acontece com a geração atualmente vendida na Europa, essa carroceria quatro portas fará com que cresça o interesse sobre o segmento mais apimentado dos cupês, roubando um pouco as atenções do modelo duas portas.

Por dentro e por fora, a Opel abandonou definitivamente as linhas duras e seguiu a tendência de design inaugurada pelo modelo Insignia

O Astra muda depois de sete anos e mais de dois milhões de exemplares produzidos. Quando foi apresentado no segundo semestre de 2003, a geração atual (que no Brasil é vendida como Vectra GT) rompeu paradigmas. Trazia, finalmente, um desenho dinâmico, que fazia esquecer a seriedade que caracterizava boa parte dos modelos Opel daquela época. Mas, naturalmente, envelheceu.

Como aconteceria com qualquer projeto dessa idade, por mais arrojado que fosse. Esse novo modelo dá um outro salto, semelhante ao anterior, aproximando o Astra dos valores do Insignia, que mudam o conceito dos top de linha da marca.

Apesar da simplicidade construtiva que deverá ser mantida para a suspensão, o conjunto oferece robustez e garante mais espaço no habitáculo. Além disso, auxiliado pela regulagem automática da rigidez dos amortecedores de acordo com o piso, garante que o modelo ofereça um bom compromisso entre conforto e estabilidade

Desde o ano passado, circulam pela internet imagens do novo Astra 2010. Há até um vídeo no site YouTube com testes de um protótipo camuflado no circuito de Nürburgring. Mas, até o momento, ainda são escassas as informações sobre o novo modelo da Opel, que será apresentado ao mundo no Salão de Frankfurt, no segundo semestre deste ano. O que se sabe é que, obviamente, o futuro novo Astra não terá apenas o design como novidade. O carro deverá crescer em cerca de 10 cm, superando assim os 4,30 m de comprimento. Pelo que se sabe, o entreeixos não será alterado.

O crescimento será na dianteira – sobretudo para minimizar o impacto nos pedestres em caso de atropelamento – e no bagageiro, que também aumenta um pouco. Na mecânica, o modelo deve manter o esquema que vem sendo adotando, com rodas traseiras semi-independentes, no lugar da mais refinada construção com braços múltiplos, utilizada pelo seu rival VW Golf.

 

No entanto, o trabalho dos projetistas sobre a geometria da suspensão deve melhorar a estabilidade e o conforto, enquanto uma relação mais estreita entre o esterço elétrico, o controle eletrônico de estabilidade e a central eletrônica do motor poderá dar ao Astra qualidades dinâmicas superiores que permitirão por exemplo, a ele corrigir uma trajetória em curva com uma pequena reação na direção, sem que seja necessária uma manobra corretiva do piloto.

Em suma, será um carro que, em certos momentos, irá “sugerir” a maneira como deve ser pilotado. Pelo que se sabe, será mantida a regulagem automática da rigidez dos amortecedores, que representou uma exclusividade na categoria quando foi apresentada na versão atual e é um fator importante no comportamento do modelo.

Apesar de crescer nas medidas, o carro manterá o conceito do downsizing sob o capô, que receberá motores menores e mais eficientes, como o 1.4 turbo apresentado no último Salão de Paris. Um câmbio automatizado com dupla embreagem também está programado para o modelo, mas deverá ficar para uma segunda etapa, após o início das vendas da geração, esperado para o início de 2010. Há a possibilidade de uma tração integral. Se confirmada, será o primeiro Astra 4×4 da história.

O primeiro Astra, do início dos anos 90, que foi vendido no Brasil ainda como importado

No final dos anos 90, nasce a nova geração que, até hoje, conhecemos aqui como Astra

A versão atual não veio ao Brasil, mas suas linhas aparecerão aqui como Vectra GT

O painel bem distribuído e belo tem como ponto de destaque o pronunciado console central

 

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorAs novas caras da F1
Próxima notíciaPajero Sport 2010