Volks inicia as vendas da Kombi elétrica; preço parte de R$ 283 mil

As primeiras unidades do modelo estão previstas para ser entregues ainda este ano

0
14
Foto: Divulgação

O Volkswagen ID. Buzz, mais conhecido como Kombi elétrica, finalmente teve os seus preços divulgados na Alemanha. O modelo foi lançado em março deste ano.

O ID. Buzz Pro sai por 64.581,30 euros (R$ 335.893). Já a versão para cargas, o ID. Buzz Cargo, está disponível a partir de 54.430,60 euros (R$ 283.098).

O modelo tem onze variantes de cores: a padrão “Monosilver Metallic”, sólida (“Candy White”), quatro cores metálicas (“Lime Yellow”, “Starlight Blue”, “Energetic Orange” e “Bay Leaf Green”), um acabamento com efeito pérola (“Deep Black”) e quatro acabamentos em dois tons.


Os primeiros veículos serão entregues aos clientes no outono deste ano para o hemisfério norte, promete a VW.

+ Campanha do Volkswagen Polo com casal gay recebe ataques
+ Volkswagen dá férias coletivas por falta de semicondutores
+ Volkswagen investe US$ 250 mi na Argentina; aporte inclui nova Amarok
+ VW Gol 42 anos: veja a história e quantos estão circulando em SP

A nova Kombi tem uma bateria de lítio de 77 kWh, para fornecer uma potência de 204 cv e 310 Nm de torque. O seu alcance é de até 421 quilômetros.

Em uma estação de carregamento rápido, a bateria é recarregada de 5 a 80% de sua capacidade após cerca de 30 minutos.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Preço da gasolina aumenta em maio e bate novo recorde, diz ANP
+ Caminhoneiro desabafa: ‘vai parar’, ‘quase R$ 6 mil para encher o tanque’
+ Voltz lança triciclo elétrico voltado a entregas; conheça o Miles
+ Shineray prepara bike elétrica para concorrer com a Mobylette
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Revelado: BMW Série 3 ganha novo visual e tela curva no interior
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Fiscalização com radar móvel nas rodovias cai pela metade
+ Exposição de Maverick ocorre na Mooca, em São Paulo
+ VW Gol 42 anos: veja a história e quantos estão circulando em SP