Volkswagen deve trazer SUV-cupê ao Brasil em 2020 para ficar acima do Tiguan

Teramont X, apresentado na China, deverá ser opção de SUV com caimento de teto acupezado para ocupar o posto de luxo máximo luxo da marca no Brasil

Volkswagen Teramont X (nome do Atlas Cross Sport na China) foi apresentado no Salão de Xangai 2019 (Foto: Newspress)

Conforme relatado por Motor Show na semana passada, a Volks já não esconde que vai trazer ao Brasil o SUV Tarek, importado da Argentina, para ocupar o espaço (em tamanho e valor financeiro) entre T-Cross e Tiguan e peitar o reinado do Jeep Compass no país.

Mas segundo fontes ligadas à marca, há planos para mais SUVs em nosso mercado. Um deles deverá ser o Teramont X, nome do Atlas Cross Sport no mercado chinês, que também foi apresentado na última semana no Salão de Xangai.

Escadinha
Dessa forma, em uma escala de utilitários, teríamos T-Cross, Tarek, Tiguan e Teramont X no Brasil até o final de 2020, considerando que a nova geração do Touareg ficou muito cara para ser importada. Vale lembrar que o “cupê” Teramont X também é feito na plataforma MQB dos outros três companheiros.

Como o próprio nome entrega, o Teramont X (ou Atlas Cross Sport) é derivado do Atlas de sete lugares, mas tem caimento acupezado do teto e cabine para cinco passageiros. Isso não muda o tamanho da distância entre-eixos, de impressionantes 2,98 m.

Por ser feito sobre a arquitetura MQB e não poder ter motor longitudinal, o Teramont X usa como opção mais potente um motor V6 de 3,6 litros e 279 cv, acoplado a um câmbio automático de 8 marchas. No Brasil, não há certeza sobre o nome Atlas ou Teramont, mas como toda linha atual de SUVs da empresa começa com a letra “T”, apostaríamos no nome Teramont mesmo.

Em nosso mercado, pelo tamanho, ele concorreria com BMW X4 e Mercedes-Benz GLE Coupé, que custam mais de R$ 300 mil. O SUV-cupê da Volks, no entanto, deve chegar com valores mais baixos, começando logo após os R$ 180 mil cobrados pelo Tiguan mais caro.

SUV-cupê foi mostrado no evento chinês ao lado de um T-Cross (Foto: Newspress)

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar