Volvo cria sedã elétrico para enfrentar Tesla Model 3

Com visual aventureiro, modelo será apresentado ao público no Salão de Genebra

Polestar 2 (Divulgação)

A Volvo apresentou nesta quarta-feira (27) o Polestar 2, um sedã com visual aventureiro desenvolvido para concorrer com o Tesla Model 3. O modelo chega para ser o segundo Polestar, a submarca de carros elétricos da montadora sueca. A apresentação para o público será em março, no Salão de Genebra (Suíça).

O Polestar 2 está equipado com dois motores elétricos (um para cada eixo), com potência combinada de 408 cv. O sedã acelera de 0-100 km/h em menos de cinco segundos e tem autonomia de 500 quilômetros.

Para efeito de comparação, o Model 3 pode percorrer os mesmos 500 quilômetros, mas na versão Performance é capaz de acelerar de 0-100 km/h em pouco mais de 3,3 segundos.

No interior, o sedã elétrico será o primeiro modelo de produção equipado com o sistema multimídia desenvolvido pela Google. Com tela de 12,3″, traz integrado aplicativos como o Google Maps e a Play Store.  No acabamento, a Volvo destaca que teve o cuidado de escolher materiais veganos para os revestimentos.

Com produção marcada para começar em 2020, o Polestar 2 será fabricado na China, para o mercado local e de exportação. Inicialmente, além do mercado chinês, Canadá, Estados Unidos e em seis países da Europa (Alemanha, Bélgica, Holanda, Noruega, Reino Unido e Suécia) vão receber o sedã.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel