Volvo decreta o fim dos carros a combustão

A partir de 2019, a Volvo vai iniciar a substituição dos seus modelos com propulsão tradicional por outros híbridos e elétricos

0
5738
Volvo XC90 T8 é um dos híbridos da linha atual da marca (Foto: Roberto Assunção)

A Volvo já marcou uma data para o começo do fim dos carros com motores puramente a combustão. Nesta quarta-feira (5), a marca sueca anunciou que, a partir de 2019, todo novo modelo da montadora será equipado apenas com propulsores elétricos ou híbridos.

A mudança será gradual. Em um primeiro momento, os carros com motorização tradicional vão conviver com os novos elétricos e híbridos, sendo substituídos pelos automóveis com propulsão mais ecológica assim que encerrarem o seu ciclo no mercado.

Entre 2019 e 2021, a Volvo irá lançar cinco novos automóveis elétricos, sendo três da marca e dois da Polestar, atual divisão esportiva da empresa e que vai se tornar uma submarca com os elétricos de alto desempenho da montadora sueca.


Até 2025, a Volvo pretende atingir a marca de 1 milhão de veículos elétricos e híbridos comercializados. Até esta data, a meta dos suecos é atingir um modelo de operação “climaticamente neutro” em termos de emissões.