Volvo divulga detalhes do XC90 híbrido

0
128

A Volvo divulgou nesta segunda-feira (8) mais detalhes sobre o sistema de propulsão híbrido do futuro utilitário de luxo XC90 T8. Com um motor elétrico e outro a gasolina, o jipão chega ao mercado no próximo ano com potência combinada de mais de 400 cv. Conjunto que é suficiente para acelerar o veículo de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos, mas com um consumo médio de baixos 40 km/l.

Para atingir estas marcas, a fabricante combina um motor 2.0 de quatro cilindros, sobrealimentado com um turbo e um compressor mecânico e capaz de gerar 318 cv, a um motor elétrico com potência equivalente a 80 cv. Casado ao conjunto motriz está uma transmissão automática de oito velocidades, com um sofisticado sistema shift-by-wire, em que as trocas são comandadas eletronicamente. O funcionamento do sistema é explicado em uma animação divulgada pela fabricante.


Além destes dois propulsores, o jipão sueco sairá de fábrica equipado com outro motor elétrico localizado entre a transmissão e o motor a combustão. Com potência equivalente a 46 cv, ele fará o papel de motor de arranque, permitindo ao veículo alternar entre a condução apenas com o propulsor elétrico ou na combinação elétrico-gasolina, além de atuar como gerador de energia e como sobrealimentador, ao trabalhar em conjunto com o supercharger e o turbo do motor a combustão.

Ao volante, o motorista poderá optar por cinco modos de condução, sendo o padrão o híbrido, que alterna automaticamente entre os dois propulsores. No modo “Pure Electric”, o carro será impulsionado apenas com o motor elétrico. Neste modo, a autonomia será de 40 km. Na opção “Power”, os dois propulsores funcionam simultaneamente. Estão disponíveis ainda as opções “AWD”, que mantém ligada a tração nas quatro rodas e o modo “Save”, que desativa o motor elétrico.