Volvo vai usar câmeras para barrar motorista embriagado

Sistema que chega ao mercado em 2020 será capaz de assumir o controle do veículo

Veículo de testes equipado com a tecnologia (Divulgação)

Depois de anunciar que vai limitar a velocidade máxima dos seus carros a 180 km/h, a Volvo revelou agora que pretende equipar os seus automóveis com sistemas capazes de identificar e assumir o controle de veículos guiados por motoristas embriagados ou cansados.

Usando câmeras e sensores, o carro será capaz de intervir caso o motorista não responda aos sinais de alerta emitidos. A intervenção pode ir desde a limitação na velocidade até a parada completa do automóvel.

A expectativa da Volvo é de que o sistema chegue ao mercado em 2020. O equipamento fará a sua estreia nos carros montados sobre a nova plataforma SPA2.

Evolução da base usada atualmente nos XC60 e XC90, a SPA2 irá contar com um sistema de direção autônomo de Nível 4, que permitirá dispensar o motorista na maior parte das situações de tráfego.