Volvo XC60

+ PONTOS POSITIVOS +

Com foco na condução semi-autônoma e no fora-de-estrada, o novíssimo XC60 ganhou suspensão traseira integral-link (eixo de torção com funcionamento independente) e melhorou dinamicamente. Agora fabricado na plataforma flexível SPA, é exatamente igual ao seu irmão maior XC90 na parte que vai do centro da roda dianteira até a coluna de direção. Todo o resto é diferente, o que mostra a incrível versatilidade que tem essa plataforma. Assim, a Volvo deixou o SUV 11 cm mais largo, 5 cm mais baixo, 4 cm mais comprido e 9 cm mais longo no entre-eixos. O carro ficou assentado e ganhou em beleza.

PONTOS NEGATIVOS

O câmbio de oito velocidades é rápido, mas é incompreensível a falta de borbletas para trocas de marcha no volante. A questão não é se você vai usar sempre ou não, mas sim que você quer ter essa opção quando paga R$ 240 mil num carro. Menos mal que elas estejam disponíveis na versão R-Design, de quase R$ 270 mil. Para quem não gosta, os sistemas de condução semi-autônoma aumentam seu preço e podem ser um tanto invasivos, às vezes.


Ficha técnica:

Volvo XC60

Motor: 2.0 turbo
Potência: 257 cv a 5.500 rpm
Torque: 35,7 kgfm de 1.500 a 4.800 rpm
Câmbio: AT8
Pneus: 255/45 R20
Consumo cidade: 8,4 km/l
Consumo estrada: 10,7 km/l
Emissão de CO2: 150 g/km
Nota do Inmetro: D