VW cria Kombi elétrica nos Estados Unidos

Batizada de Type 20, modelo trocou o motor "a ar" por um propulsor elétrico de 120 cv

VW Type 20 (Divulgação)

Para comemorar os 20 anos do laboratório de pesquisas da Volkswagen no Vale do Silício — atual IECC (sigla em inglês para Centro Califórnia de Inovação e Engenharia) —, a filial da montadora alemã nos Estados Unidos produziu o Type 20, uma Kombi de 1962 que foi modificada com motorização elétrica e ganhou novas tecnologias que deverão estar presentes nos carros das próximas décadas.

O velho motor “VW a ar” deu lugar a um propulsor elétrico com potência equivalente a 120 cv, alimentado por um conjunto de baterias de 10 kWh. A suspensão também foi modificada. Agora pneumático, o conjunto desenvolvido em parceria com a Porsche permite o ajuste da altura via software. Usando impressão 3D, a Kombi ganhou novas rodas, suporte de retrovisor e volante personalizado.

Na cabine, o destaque é a adoção de um sistema de reconhecimento biométrico do motorista e um painel holográfico, capaz de gerar imagens em 3D sem o uso de óculos especial. O Type 20 ficará exposto na sede do IECC.