VW mostra o Passat 2020 para os EUA

Mantendo a mesma plataforma, sedã grande mostrado em Detroit ficou mais parecido com os outros sedãs da marca alemã

Passat (Divulgação)

A Volkswagen revelou nesta segunda-feira (14), no Salão de Detroit (EUA), o novo Passat 2020 para o mercado americano. Diferente do europeu (que também é vendido no Brasil), o modelo ganhou carroceria e interior totalmente novos, mas conservando a mesma plataforma PQ46 usada no Passat alemão de sétima geração.

O novo Passat dos Estados Unidos estreia uma carroceria com visual muito próximo ao do médio Jetta (leia aqui), como pode ser comprovado na grade frontal, no desenho das lanternas traseiras e em detalhes como o contorno arredondado na janela da coluna “C”.

No interior, o painel ficou mais parecido com o conjunto usado no Passat europeu, mas ainda traz quadro de instrumentos e comandos típicos dos Volkswagen dos anos 2000.

Onde o Passat 2020 menos mudou foi na mecânica. Além de conservar a plataforma da geração anterior, o sedã segue sendo oferecido apenas com o motor 2.0 TSI de 176 cv e um câmbio automático de seis marchas.