VW T-Cross chega na Argentina com motor indisponível no Brasil

Propulsor 1.6 16V do Polo será o único oferecido no SUV compacto exportado para o mercado argentino

VW T-Cross (Divulgação)

A Volkswagen já divulgou as versões e equipamentos do T-Cross no mercado argentino. Produzido no Brasil, o modelo será comercializado no país vizinho em uma configuração mecânica única, indisponível por aqui. As vendas do SUV da VW começam em junho na Argentina.

Vendido no Brasil com motores 1.0 turbo e 1.4 turbo, o SUV compacto da VW será equipado por lá apenas com o motor 1.6 16V de 110 cv, o mesmo empregado em Gol, Virtus e Polo no mercado brasileiro.

Aqui e lá, o T-Cross será oferecido em três opções de acabamento. Mas a opção de entrada do país vizinho chama-se Trendline (250 TSI por aqui) e só conta com o câmbio manual. A caixa automática de seis marchas está disponível nas versões Comfortline e Highline.

A lista de equipamentos do modelo nos dois países é semelhante. Mas o Highline da Argentina não conta com opcionais oferecidos por aqui, como o seletor de modos de condução e os faróis principais de LED.

 

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga