VW Voyage completa 35 anos; confira curiosidades do modelo

Em julho de 1981, a primeira unidade do VW Voyage deixou a linha de montagem da fábrica de São Bernardo do Campo (SP). 35 anos depois, o sedã do Gol já ultrapassou a marca de mais de 1 milhão de unidades e foi exportado para 61 países. Atualmente, o Voyage é o quinto Volks mais vendido do Brasil. No primeiro semestre, o modelo somou 14.102 unidades comercializadas.

A história do compacto foi dividida em duas fases: a primeira geração foi produzida entre 1981 e 1996. Inicialmente, o sedã era oferecido apenas com a carroceria de duas portas (as quatro portas viriam só em 1984) e em duas versões (S e LS), ambas equipadas com o motor 1.5 a álcool e a gasolina, herdado do VW Passat. Ao longo dos anos, o modelo acompanhou as mudanças do restante da família Gol, como a adoção dos motores AP (em 1985) e as mudanças de estilo (como a adoção da frente baixa, em 1991).

O modelo, porém, saiu de cena com a chegada do Gol “bolinha”. A Volkswagen preferiu não desenvolver o sedã desta nova geração do Gol, trazendo ao Brasil em seu lugar o argentino Polo Classic. O nome Voyage só retornou em 2008, já derivado do Gol “G5” e que tinha como destaques a nova plataforma, mais moderna e derivada da utilizada no VW Polo.

Confira abaixo algumas curiosidades do modelo:

Exportações

O Voyage já teve mais de 410 mil unidades exportadas para 61 países. Atualmente, o sedã compacto é vendido em oito países (Argentina, México, Bolívia, Chile, Colômbia, Peru, Paraguai e Uruguai).

Para os EUA

Entre 1987 e 1993, os mercados dos Estados Unidos e do Canadá receberam mais de 202 mil unidades do modelo. Batizado por lá de VW Fox, o carro recebeu cerca de 2.000 modificações em relação ao Voyage vendido no Brasil, como a adoção do sistema de injeção eletrônica e o câmbio de quatro marchas com overdrive.

Outros nomes

Além de Fox, o sedã do Gol também foi vendido no exterior com os nomes Gacel e Senda.

Carro olímpico

O primeiro Volks a homenagear os Jogos Olímpicos foi o Voyage, que 1984 ganhou a série especial Los Angeles. Foram produzidas 2 mil unidades da versão, todas pintadas em azul metálico e com uma lista de equipamentos que incluía os bancos Recaro e aerofólio traseiro.